Lulica
A prateleira nos caixas do Pão de Açúcar: se fosse "feitiço bruxa" nossas "princesas" já estariam presas no castelo

Doces ao alcance das crianças no supermercado

A prateleira nos caixas do Pão de Açúcar: se fosse "feitiço bruxa" nossas "princesas" já estariam presas no castelo
A prateleira nos caixas do Pão de Açúcar: se fosse “feitiço de bruxa” nossas “princesas” já estariam presas no castelo

A tática não é nova, mas a ousadia do Pão de Açúcar me assustou. Colocar prateleiras a menos de um metro do chão em seus caixas da rede Minuto é muita cara de pau. A área é útil quando tem a função de “conveniência”, ou seja, expor produtos que às vezes esquecemos de levar, mas recheá-la com doces e balas mostra um certo de desespero em vender isso para crianças.

A situação embaraçosa para muitos de nós, pais, é comum em qualquer supermercado, há de se reconhecer, mas estou acostumado a ver prateleiras com cerca de 1,5 metro de altura com diversos produtos, incluindo os famigerados doces – quantas vezes nossos pequeninos já não dão o bote neles pedindo para comprarmos?

O duro de tudo isso é que a malandragem é acompanhada de campanhas de conscientização por parte desses grupos empresariais, supostamente preocupados com a saúde das pessoas ou com o meio ambiente – basta lembrar da polêmica das sacolinhas, que continuam sendo usadas, mas agora pagas (ah, sim, as novas são biodegradáveis, mas não poderiam ter mudado a receita sem precisar causar todo esse bafafá?).

Nossas “rapunzéis”, felizmente, não caíram na tentação da “bruxa malvada”.

Avatar

Ricardo Meier

Jornalista do setor automotivo há 13 anos, tenta ajudar no que pode no dia a dia dos filhos, apesar de já ter até derretido mamadeira esquecida na panela.

Siga-nos

Posts

Siga-nos

Posts

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.

Secured By miniOrange