Como melhorar a qualidade do sono

Alimentação, exercício físico, estresse e até postura influenciam sua noite de sono
Muitas vezes contar carneirinhos não é o suficiente

Ah, os meus 20 aninhos. Dormia em qualquer lugar, em qualquer circunstância, não fazia idéia do que era insônia ou acordar com dores no corpo por ter adormecido num colchão diferente ou sem travesseiro. Com a idade tendemos a ficar mais exigentes, o paladar muda (Pizza Hut não é mais uma opção para a hora do almoço, definitivamante), a preferência pela estação do ano já não é mais a mesma (outono, seu lindo), o corpo necessita de outros cuidados (mais verduras e frutas, por favor) e assim acontece com o sono, pelo menos foi assim para mim.

Hoje em dia continuo sem dificuldade para dormir na maior parte das vezes, mas o decorrer do meu dia afeta profundamente a qualidade do sono, coisa que até antes dos 40 anos não acontecia. Chego até mesmo a acordar de madrugada uma, duas vezes para fazer xixi se bebo muito líquido após às 19 horas. Que loucura…ou coisa de velho, como eu mesmo dizia ao tirar sarro da minha mãe.

Tudo isso já é bem conhecido pela maioria das pessoas, pelo menos acima dos 40 anos. O que eu não sabia era que minha postura durante o dia também afeta minha noite de descanso. De acordo com Andréia Barbosa Di Roberto, fisioterapeuta e também consultora para a empresa Duoflex, a postura que mantemos durante o dia e enquanto dormimos também influencia em como será a noite de sono. Ela diz que “a posição correta ao deitar, adotar hábitos saudáveis durante o dia, a utilização do travesseiro e colchão adequados ao biótipo da pessoa são alguns dos fatores fundamentais para que se possa descansar profundamente, e assim manter a saúde do corpo e da mente”.

Cuidado com a postura durante o dia e bons alongamentos para garantir qualidade no sono

Ainda de acordo com Andréia, durante a noite de sono, “o ideal é manter a coluna cervical sempre alinhada com o tronco, a fim de melhorar a circulação sanguínea e facilitar os estímulos elétricos enviados pelo cérebro aos demais órgãos do corpo”. Quanto à postura durante o dia ela, explica que “as dores ao acordar poderiam ser evitadas caso as pessoas conseguissem relaxar a musculatura que foi utilizada no decorrer do dia. Alongamentos que relaxem as partes mais tensionadas podem evitar os problemas corporais ao levantar”.

Além de tudo isso usar produtos de boa qualidade, travesseiros e colchões adequados as suas necessidades físicas também ajudam na melhora do sono e consequentemente na maneira que levará seu dia. E não há como negar que uma noite bem dormida faz toda a diferença no dia seguinte, não é mesmo?

Renata Meier

Formada em Letras, é atualmente assistente executiva. Apesar da carreira, sempre teve em mente o objetivo de criar seus filhos de perto, vivenciando ao máximo cada momento deles.

You may also like...